Microkinesitherapie

A técnica manual de fisioterapia..

Apresentação

A Microfisioterapia ou, do Francês, Microkinesitherapie, é uma técnica manual da fisioterapia que consiste em identificar no corpo a causa primária de um sintoma ou doença e, a partir disso, estimular a sua auto-cura, fazendo com que o corpo reconheça o agressor (trauma) e desencadeie a eliminação do mesmo.

Quando o sistema imunológico não consegue eliminar tal agressor, surgem as cicatrizes patológicas que ficarão na memória do tecido e atrapalharão o funcionamento das células nos vários tecidos e/ou órgãos do corpo.

A técnica tem seus princípios semelhantes aos da homeopatia, pois seguem duas leis principais: a cura pela similitude (semelhante cura o semelhante) e pelo infinitesimal (palpação mínima, medicamento diluído).

O terapeuta, através da micropalpação, procura no corpo do paciente o local onde foram instaladas as cicatrizes celulares (memórias), as quais provocarão os sintomas. Quando encontrados os “traumas”, estimula-se manualmente, com atos que simulam a agressão e desencadeiam o processo de auto-correção, restabelecendo as funções do organismo, eliminando as doenças e promovendo a saúde.

A Microfisioterapia pode ser aplicada a todos os indivíduos em todas as idades, com objetivo terapêutico ou não. Sendo o tratamento preventivo ou curativo, a fim de promover a saúde e o bem-estar.

Base

A Microfisioterapia tem como base quatro princípios:

A auto-cura

A auto-cura é uma capacidade pertencente a todos os seres vivos. Através da autopoiese (capacidade do organismo de fazer algo por si mesmo para ele mesmo) o corpo reconhece seu agressor e se defende dele. Quando o corpo não reconhece o agressor, sendo este muito forte ou se manifestando de forma inesperada, a autopoiese é prejudicada e a doença se instala. O terapeuta vai informar ao corpo a origem dos sintomas e desencadeará o mecanismo de auto-cura.

A cicatriz patológica

A cicatriz patológica se forma quando a agressão é muito forte ou existe uma deficiência no sistema imunológico, sendo ela uma vestígio da agressão no corpo. Essa cicatriz deforma a célula, deturpando sua função e gerando os sintomas. O gesto do terapeuta é realizado sobre a cicatriz patológica, caracterizado por uma região que perdeu a sua energia vital.

Correção homeopática

Os gestos de correção serão efetuados sobre a cicatriz patológica (porta de entrada) e será o menor possível (micro-palpações). Desta maneira a Microfisioterapia e a homeopatia seguem as leis da cura pelo semelhante (reprodução da agressão) e do infinitesimal (medicamento diluído, palpação mínima).

As micropalpações

As micropalpações são os gestos manuais efetuados pelo terapeuta feitos sempre com as duas mãos em aproximação. É a sensação entre elas que vai dizer se há a perda da vitalidade no tecido, determinando a presença da memória (cicatriz) de uma agressão qualquer. Com essas palpações que o terapeuta vai informar ao corpo as agressões e desencadear o processo de auto-cura.



Dúvidas Frequentes

A microfisioterapia ajuda o corpo a eliminar traumas que estão guardados na memória celular e que o impedem de funcionar de maneira adequada.

Nosso corpo luta todos os dias contra agressões de diferentes naturezas e intensidades. Normalmente nosso organismo se autocorrige sem que se perceba. Mas, se as agressões forem muito fortes ou não reconhecidas pelo corpo, este não reagirá de forma eficaz, deixando à nível tecidual uma memória do acontecimento. Um acúmulo dessas memórias pode fazer com que apareça uma dor, uma doença se desenvolva e torne o corpo incapaz de lutar.

A microfisioterapia ajuda na eliminação dessas memórias, fazendo com que o corpo recupere suas capacidades de autocura, mesmo após vários anos.

Sim. A Microfisioterapia pode ser realizada simultaneamente a outros tratamentos, sejam eles físicos ou psíquicos, como outras técnicas fisioterápicas ou tratamento medicamentoso.

Sob aspecto terapêutico, você deve procurar a Microfisioterapia quando sentir que algum órgão não está funcionando muito bem (constipação intestinal, azia, problemas urogenitais, etc.), quando algum tipo de dor aparecer (lombalgia, ciatalgia, cervicalgia, etc.), e/ou quando detectada alguma instabilidade emocional (depressão, ansiedade, tristeza, aperto no peito, etc.)

é importante ressaltar que a Microfisioterapia também é uma técnica preventiva e que promove a saúde e o bem-estar. Portanto, se você não se encontra numa condição de bem-estar, você apresenta indicação para a técnica, pois existe algum desequilíbrio no seu organismo.

A sessão dura cerca de 1 hora. Após discorrer sobre as razões da consulta, o paciente deita sobre uma maca. A partir disso, o terapeuta inicia o processo de identificação das memórias através de toques sutis e, após identificadas, ele estimula o corpo em pontos específicos de modo a informar ao corpo a presença desta cicatriz. Assim, o corpo inicia um processo de eliminação definitiva da memória.

A duração do tratamento depende de caso para caso, pois cada organismo vai reagir de uma maneira diferente ao tratamento. Depois da alta o paciente pode fazer uma “manutenção”, somente para prevenção, ou quando houver algum novo evento de perturbaçao e/ou agressão.

Depois de cada sessão o corpo precisa de 30 a 90 dias para se reorganizar e se restabelecer. é indicada a ingestão de muita água durante o período de tratamento para auxiliar na eliminação das toxinas. Após cerca de 60 dias o paciente passa por uma reavaliação e, se necessário, é submetido à nova sessão, até a alta definitiva do tratamento.

A Microfisioterapia não é somente uma técnica terapêutica, ela também pode atuar de forma preventiva ou curativa.

Além das dores, a Microfisioterapia trata também os aspectos emocionais e orgânicos (ansiedade, irritabilidade, alteração de humor, distúrbio do sono, etc.).

Não é necessário se despir para realizar o tratamento. A roupa não interfere na efetividade do tratamento.

São indicadas roupas mais leves para a realização das sessões, porém, roupas mais pesadas não influenciarão negativamente no tratamento.

Sim. Como houve uma estimulação do seu organismo, ele tende a eliminar as memórias e desencadeia um processo de defesa, podendo apresentar alterações físicas (cansaço, diarréia, febre, etc.) e/ou emocionais que vão desaparecer rapidamente sem a necessidade de algum tratamento.

A partir do momento que se colocam as mãos no paciente, isolam-se as porções do tecido corpora que guardaram as memórias de agressões e permite-se que o corpo promova sua autocorreção. Isso acontece em todas as pessoas, desde recém-nascidos até pessoas idosas. Portanto, não tem como a melhora do paciente ser auxiliada pela auto-sugestão, até mesmo porque os bebês, que ainda não têm como ser sugestionados e as pessos mais discrentes obtém resultados.

A sensação que o terapeuta procura no corpo do paciente é a perda do ritmo vital. Toda atividade corporal tem seu ritmo vital, o qual é percebido pelas mãos através dos “micromovimentos”. O Fisioterapeuta palpa diferentes zonas do corpo afim de verificar se esse ritmo é normal, essa palpação se faz em movimento de aproximação das mãos. Se o ritmo estiver ausente significa que existe uma “cicatriz”, sinal de uma disfunção na região ou a distância. é esta a sensação que guia o terapeuta a seguir o caminho que a agressão percorreu no corpo e consequentemente ativar sua auto-cura.

Grande parte dos sintomas e doenças se devem a pequenas disfunções que se acumulam durante a vida e acabam enfraquecendo o organismo. Tais disfunções podem ter como causa frustrações, perdas, abandonos, traumas durante a gestação, intoxicações e também um componente hereditário. A Microfisioterapia auxilia o corpo na eliminação dessas “cicatrizes” e na reconstituição do organismo, eliminando os vestígios emocionais e traumáticos. Vários problemas de saúde podem ser melhorados através da Microfisioterapia.

Não. A Microfisioterapia não se opõe à medicina de emergência (drogas, cirurgias, etc…). Esta técnica não age diretamente no sintoma como um medicamento de emergência, mas sim em sua causa, por isso ambos são complementares. Pode ser realizada em qualquer idade (inclusive recém-nascidos, portadores ou não de necessidades especiais), jovens, adultos e idosos. Também esportistas e todos aqueles que desejam prevenir patologias.


A Sessão

A sessão de Microfisioterapia tem duração de aproximadamente 1 hora.

O terapeuta, após tomar conhecimento das razões da consulta, queixas do paciente e avaliá-lo, pede a ele que se deite sobre uma maca. A partir disso, inicia-se o processo de identificação das memórias através de toques sutis e, após identificadas, estimula-se o corpo em pontos específicos de modo a informá-lo da presença dessas cicatrizes.

Sendo assim, dá-se início ao processo de eliminação definitiva das memórias prejudiciais ao organismo.

Após a sessão o corpo precisa de um tempo para se reorganizar e se autocorrigir. E para que isso aconteça por completo, é necessário um intervalo de 30 a 90 dias antes de uma nova consulta. é normal aparecerem reações nos primeiros dias após o tratamento, pois o corpo está eliminando os agentes agressores do organismo. Tais reações serão sutis ou imperceptíveis e devem desaparecer em dias ou semanas.

é indicada a ingestão de muita água e a não realizaçao de esforços desnecessários nos primeiros dias, a fim de auxiliar na eliminaçao das memórias.

Indicações

  • Alergias;
  • Enxaquecas;
  • Depressão;
  • Distúrbios do sono;
  • Distúrbios hormonais;
  • Síndrome do pânico;
  • Alteração no funcionamento dos órgãos (constipação, azia, etc.);
  • Traumas emocionais (perdas, abandonos, separações, etc.);
  • Dores físicas (lombalgias, ciatalgias, cervicalgias, etc.);
  • Traumas físicos (entorses, contusões, luxações, acidentes, etc.);
  • Ansiedade;
  • Fobias / Medos;
  • Problemas escolares;
  • Falta de atenção e concentração;
  • Hiperatividade;
  • Agressividade;<
  • Problemas urogenitais;
  • Prevenção de doenças;
  • é indicada para qualquer pessoa, independente da patologia ou idade.
  • A Micrifisioterapia é uma técnica complementar que visa encontrar a causa dos eventos.
  • Não se opõe a Medicina ou a Fisioterapia, atuando de forma preventiva ou curativa.